11 de outubro de 2005

(...)Quase imediatamente, sonhou com um coração a bater. Sonhou-o activo, quente, secreto, do tamanho de um punho cerrado, de cor escarlate na penumbra de um corpo humano ainda sem cara nem sexo; com minucioso amor sonhou-o durante catorze lúcidas noites.
Excerto das Ruínas Circulares de Jorge Luis Borges, Ficções.

1 comentário:

terragel disse...

A F, textos extraídos das obras dos grandes escritores é bom porque nos dá a condição de conhecer esses papas da literatura mundial.
Um abraço