2 de maio de 2005

"Fala: parece que mente/Cala: parece esquecer"

O silêncio é, porém, mais eloquente, tremendamente simples na forma como não se precipita no conhecer, no querer explicar, na súbita vontade de dizer amo-te, ou - para sempre, ou – tudo, ou – sim, ou – porquê?; sobretudo porque quer entender profundamente, e sente-o de forma delicada, renuncia o acordo de quem dorme pois já ouviu, de quem ao perguntar conclui, - sim amo-te, delicia-se simplesmente com a fragilidade da incerteza, da certeza, da prostração da palavra, aprofundando, pois à superfície é fácil dizer, pois à superfície não quero dizer e sei que lá não estás para ouvir. E na simplicidade está neste xadrez o erro, o desencontro, vil sedutor, que obriga a murmurar. Admirável, no mínimo, o toque que satisfaz, sem sentir; e há quem queira falar sem tocar, e ainda assim quem queira agradecer, admitindo a subjugação à dadiva do poder exprimir, que sente então, se não só vontade, que ouve se não só murmúrio, que faz se não só falar? Diz-me tu se sentes…

5 comentários:

O Micróbio disse...

Perdi-me... :-)

Pedra Pomes disse...

O Banho de Espuma está parado mesmo! eu abri um cantinho novo, apareçam por lá! gostei do vosso novo layout (não sei se é recente, já não ando por aqui há um tempo!). Que é feito do Boss Vasquez?

Tati disse...

Muito lindo teu blog... estava procurando o blog de uma portuguesa chamada "Cila" e encontrei o seu! Gostei muito.
Um abraço.

Lolita disse...

Vim pela Roxanne. Um Blogue que lhe enche as medidas...parabéns! Gostei!

jpmferreira disse...

Gostei do blog, e espero que se mantenha actualizado, pois muitos aos poucos vão desaparecendo.
Venho só divulgar o Design em Portugal através do meu blog.
Para quem gosta de Design, é blog a visitar.

http://comunicartedesign.blogspot.com/

Divulgem por quem achem que possa gostar, e se tiverem novidades de interesse mandar para mim pelo blog.